Contra a barbárie antropogênica: um apelo à sustentabilidade na sua dimensão jurídica