A valoração da culpabilidade para fixação da pena-base: o que não se deve fazer?